A vida moderna

Home  /  Comportamento  /  A vida moderna

A vida moderna

Post type Image 11
ago,2016
Author Comment
Blog Post Like
26

Hoje queria falar um pouco de algumas doenças da vida moderna que passam despercebidas e assim nos contaminamos sem perceber.

Acho que podemos começar por nossas crianças. Hoje vemos como na ânsia de acertar e preparar nossos filhos para um mundo tão competitivo, alguns pais atribuem muitas responsabilidades de forma muito precoce. É importante ter um cuidado em relação a isso, pois podemos estar criando a geração emocionalmente mais vulnerável. Vejo como são extremamente preocupados com escolas que podem preparar desde cedo para isso ou para aquilo, esquecendo que o grande aprendizado da primeira fase infância é entender o que é a família, entender como é a sociedade através das brincadeiras das pracinhas, onde convivemos com pessoas de todas origens, classes sociais sem criar diferenças. Lembrem-se de ser bons exemplos, eles irão copiar tudo.

Outro problema é a velocidade com que as pessoas esperam as informações. Se alguém te liga e não consegue falar com você ou vice versa, bate logo um desespero. A gente se esquece de que, por exemplo, celular é uma coisa moderna e que vivemos tantos anos sem ele. Aqueles marcadores do WhatsApp então! Você não pode ler um recado e responder depois que todos ficam estressados.

Já o que é urgente anda devagar. É impressionante como criam artifícios para mascarar nossos problemas, como por exemplo, na saúde. Hoje pode ir a qualquer unidade de saúde em qualquer lugar e ao chegar terá uma considerável fila para ser atendido. Mas ao invés de aumentar a quantidade de atendentes, criam uma triagem para separar quem “pode” esperar mais e atender mais rápido (ou menos lento) o que for “mais urgente”. Todos que estão ali tem a sua urgência. O mesmo estado que te deixa esperando é o que não te dá um dia sequer caso não cumpra suas obrigações.

Por fim, a parte mais triste de minha reflexão e que me deixa mais chateado é a desvalorização da vida humana. Como as pessoas estão se tornando frias. As pessoas caem desmaiadas numa briga e vemos várias pessoas tentando machucar o máximo possível aquele ser que já está abatido, entregue, apagado. Surreal. E esses que tem esse tipo de comportamento, como foram criados para chegar a esse ponto?

Eduquem seus filhos com bons exemplos, ensinem o que é bom e certo e o que é errado. Mostrem a eles que os erros trazem punições e que essas não são agradáveis. Ensinem a amar o próximo, a serem críticos e não aceitarem tudo que escutam, a lutarem por seus direitos, a serem justos. Tenho certeza de que se fizermos nossa parte estamos semeando um mundo melhor para quem vai receber da gente.

Gratidão sempre!

Sobre o Autor

Author
Octavio Fernandes
Analista de Sistemas acabei extrapolando um pouco meus horizontes. Gosto de observar e analisar tudo que vejo, ouço e sinto. Acredito que a vida é muito mais que estudar, trabalhar, ganhar dinheiro... a vida é para ser curtida em todos os momentos, até nos mais difícieis! E olha que disso entendo...