Estrelinhas que machucam

Home  /  Saúde  /  Estrelinhas que machucam

Estrelinhas que machucam

Post type Image 5
fev,2016
Author Comment
Blog Post Like
28

Essa semana está com o céu mais brilhante e, apesar de como cristão acreditar na vida eterna, não gosto de ver nossas crianças partindo tão cedo.

Cada vez que recebo a notícia de um guerreiro sucumbiu, me parte o coração e me enche de remorso por não estar lutando o suficiente para que esses doadores sejam logo encontrados em tempo de salvá-los.

É muito duro pensar que perdemos alguém pelo fato de não existir amostragem compatível com ela no banco de medula óssea. Jamais irei me conformar com isso e vou lutar sempre para converter minha revolta em mais medulas, mais doadores e principalmente com diversificação genética.

Precisamos de uma amostragem rica e não de volume de um só padrão genético. Sabe como conseguiremos isso? Quando fizermos nossas vozes chegarem aos locais de pouca doação como norte e nordeste. Precisamos apoiar mais as campanhas que acontecem por lá, por todo o Brasil.

Não vamos deixar para amanhã, tudo pode mudar para alguém hoje. Confesso que meus olhos transbordam em pensar que tudo poderia ser tão diferente.

O sucesso do tratamento de meu filho até aqui me deixa muito feliz, em êxtase, mas ao mesmo tempo sofro a dor de pai quando perco um guerreiro ao qual acompanho a luta.

O Carnaval está aí, época de acidentes, de baixa em estoque de sangue. Nada contra festas, mas que não se tornem um ópio em nossas vidas. Visitem um hemocentro, doem sangue. Aproveitem e perguntem como pode se tornar um anjo na vida de alguém como doador de medula.

Hoje ao olhar um céu tão estrelado fiquei pensando como essas estrelinhas que hoje brilham lá deixam enormes cicatrizes em quem as olham cheios de saudades. Que Deus nos dê força e sabedoria para mudarmos essa história.

Sobre o Autor

Author
Octavio Fernandes
Analista de Sistemas acabei extrapolando um pouco meus horizontes. Gosto de observar e analisar tudo que vejo, ouço e sinto. Acredito que a vida é muito mais que estudar, trabalhar, ganhar dinheiro... a vida é para ser curtida em todos os momentos, até nos mais difícieis! E olha que disso entendo...