Fé, um exercício constante

Home  /  Família  /  Fé, um exercício constante

Fé, um exercício constante

Post type Image 26
set,2015
Author Comment
Blog Post Like
5

Não imagino como seria minha vida sem minha fé, mas hoje gostaria de falar com vocês um pouquinho da de uma criança de cinco anos que me encanta e me emociona.

Desde dois anos e onze meses meu filho Paulo enfrenta uma grave doença que exige um tratamento duro e consequências devastadoras, ele trata uma leucemia linfoide aguda e, após uma recaída, está a caminho de um transplante de medula óssea para buscar a cura completa.

Durante todo o primeiro tratamento dormíamos juntos no leito do hospital e no meio da madrugada acordava e me chamava para fazermos juntos, uma oração que tirasse as dores que sentia devido ao uso de quimioterápicos. Naquele momento, com meu coração de pai apertado, falávamos com Deus e pedíamos força para suportar tudo aquilo que estávamos vivendo. Nunca duvidamos que seríamos ouvidos, e ao longo desses dois anos e cinco meses de tratamento só aumentamos ainda mais nossa fé.

Campanha Redome

Não deixe de atualizar seus dados no Redome.

Tivemos muitos outros episódios, mas um especialmente me marcou, foi quando precisávamos trocar a agulha que ficava conectada ao dispositivo implantado no peito dele para aplicação de medicamentos. Esse procedimento sempre causava muito estresse. Conversamos e fizemos uma oração pedindo calma e que a dor fosse suportável. Deitou então na cama e todo o processo ocorreu como se estivesse anestesiado. Sem dor.

A tranquilidade com que ele encara o tratamento só se dá porque é um menino especial e de muita fé.

O transplante está por vir, a medula será doada por seu irmão Arthur e acredito que a vida esteja reservando algo de muito maravilhoso pra ele.

A mensagem que quero deixar é que não deixem de acreditar e exercitar a fé, sempre cumprindo sua parte e fazendo o possível para que tudo aconteça.

Sobre o Autor

Author
Octavio Fernandes
Analista de Sistemas acabei extrapolando um pouco meus horizontes. Gosto de observar e analisar tudo que vejo, ouço e sinto. Acredito que a vida é muito mais que estudar, trabalhar, ganhar dinheiro... a vida é para ser curtida em todos os momentos, até nos mais difícieis! E olha que disso entendo...